maio 06, 2008

Da série: baiano burro (se existe) ainda assim é foda..

Eu gosto quando de vez em quando bate neste blog alguém sem conteúdo, que dispara um bando de asneira e me inspira em dias que quero blogar, mas não encontro assunto. Vejam o que disse "Soraia" a respeito do post sobre o suposto QI baixo dos baianos ...

"Tão boa a sua bahia q desses ai ...
Olha .. a minha Bahia é ótima mesma. É tão boa, mas tão boa, que não devia pagar imposto por ter produzido mentes brilhantes que mudaram o rumo das letras, da música, do cinema e de tantas coisas nesse país .. Estavam na minha lista nomes como João Ubaldo Ribeiro, Jorge Amado, Glauber Rocha, Rui Barbosa, entre outros.

ALGUNS JA MORRERAM,
Claro .. até porque seria complicado um cara como o Rui Barbosa estar vivo até hoje. Mas acho que isso não é uma questão de burrice, né? Nesse quesito morte, não temos muita escolha ..

OS QUE TÃO VIVOS MORAM NO RJ E SP , DE TÃO BOA Q É SUA BAHIA.
Moram no Rio e em São Paulo, porque, como em todo país que compõe esta nossa Terra, a produção cultural/intelectual sempre acaba polarizada nos estados mais importantes. NY, por exemplo, é a nata dos atores que querem ganhar a vida fazendo musicais, assim como Los Angeles é a nata de quem faz cinema. No Brasil, não é diferente. Apesar de sermos um país vasto, infelizmente, o sucesso nacional depende de uma reperussão no eixo Rio-São Paulo. Mas Jorge Amado, por exemplo, morava lá. João Ubaldo também passa longas temporadas em Itaparica. Não digo isto como justificativa, porque detesto argumentar com gente de pouco (ops!) nenhum conteúdo, mas vá lá .. sempre vale falar um pouco sobre o contexto de uma situação ...

VAI VER , FUGIRAM DO ANALFABETISMO, DESEMPREGO, E A POLUIÇÃO SONORA COM LETRAS DE BAIXO ESCALÃO.
Até onde eu sei .. e olha que eu sei bastante coisa, apesar de ser baiana (ó .. que senso de humor, hein?) os itens citados por vosmicê não são Made in Bahia. Analfabetismo, desemprego e letras de baixo escalão (uuuuuuuiii .. você também devia ter fugido do seu lugar de origem, hein?) podem ser encontrados em várias regiões do território nacional, entre elas o Rio de Janeiro, por exemplo. Vai dizer que o funk carioca é lírico??

NESSA HORA, BAIANO BURRO CORRE ATRAS DE QUEM JA MORREU...kkkkkkk. SIMPLESMENTE RIDÍCULA ESSA BAIANADA. VÃO ESTUDAR Q É MELHOR ANALFABETOS DO QI ZERO. PARABÉNS PROFESSOR COORDENADOR!!!
Nessa hora baiano burro (se existe) deve correr atrás de um(a) babaca como você, que no mínimo dorme num travesseiro adornado com uma suástica, para te encher de porrada que é isso que você merece.

2 comentários:

valmirossa disse...

Graças à minha profissão tenho oportunidade de viajar pelo país e pelo mundo e de todos os lugares que fui, de todos onde morei, tudo o que pode acontecer de mais estúpido, de mais tosco, mais ridicularmente patético... aconteceu na Bahia ou foi feito por baianos. O episódio do Dantas pelo menos teve um propósito: Alertar.
As pessoas não tem muita noção do que é absurdo ou não, por falta de oportunidade, por não conhecer o mundo lá fora para ter uma base comparativa.
Se eu fosse listar somente as minhas razões pessoais para concordar com o Dantas, iria consumir todos os posts restantes desse blog...
A Bahia é patética, sim... Os Baianos - na sua grande maioria, pois jamais irei generalizar, uma vez que tem gente burra em todos os cantos do mundo -- são estúpidos ao extremo. Eu posso falar com convicção total, pois infelizmente nasci nesse lugarzinho ridículo.

Paty Maionese disse...

Vixe Maria Santíssima! Nunca na vida que eu imaginei que aquele post fosse ter tamanha repercussão e tamanha confusão.
Eu acho tudo isso extremamente desnecessario, porque baianos, paraenses, paraibanos, cariocas ou seja lá o que for, quem realmente tem valor mostra serviço e aparece.
E outra: nunca na vida que a falência de ums instituição se deve a QI baixo. Nem precisa ter um QI muito elevado pra saber que falência tem tudo a ver com má administração.

É cada uma... que eu viu te contar, viu?!