agosto 08, 2007

Tá na moda

Assim como os anos 80, a síndrome do pânico nunca sai de moda.
É como a virose. Você vai ao médico e não sabe o que tem, é virose.
A combinação dor no corpo, diarréia e mal estar é sempre virose.
E virose é sempre aquela coisa meio PSDB, que explica tudo, mas não esclarece nada.

A síndrome do pânico é isso.
Posso dizer com pureza d'alma, porque quando mais moça tive síndrome do pânico.
É coisa que dá e passa. Com tratamento, é claro.
Mas não é qualquer ataque de piti que pode ser caracterizado ou descrito como síndrome do pânico.
Síndrome do pânico é doença. E grave.

Agora, a moda é ser bipolar.
Tá de mau humor?
É bipolar.

Bipolar pra mim é o meu dijuntor.
E olhe lá.

Todo mundo quer ser técnico de futebol, economista e psicólogo.
Impressionante.

Um comentário:

Roberta disse...

Tudo cafona....