setembro 20, 2006

Filosofias

Amigos e amigas, leitores e leitoras ...

voltei!!!

Olha .. tô me recuperando de uma gripe doida e de quinze dias de trabalho que eu considero insanos. Mas tô de volta cheia de boas histórias para contar.

E a Cica, hein?

Vamos começar pelo assunto do momento. Porque a culpa agora é da imprensa. Sempre a imprensa. Eu acho até que nos dias atuais há uma certa exploração demasiada das vidas celebritosas do mundo. Isso faz parte do showbiz. Tem artista que reclama, diz que não tem que ser assim. E tem que ser como? Fora os excessos, fora as invasões de privacidade de fato, há, na minha visão, uma falta de preparo de nossas celebridades. Vejamos .. certa entrevistadora famosa, jornalista das antigas, que é casada com um galã de TV muito mais moço, disse certa vez que os artistas não tinham que aceitar a perseguição da mídia. Mas lembro-me bem de uma foto de seu namorado em momento íntimo publicada num diário popular carioca. Ele deitado e ela com o pé em cima dele. Nessas horas a mídia presta, né? Quando o artista em questão abre sua intimidade ao público, tudo pode. Mas quando a imprensa faz o caminho inverso, não pode.

Estranho. Os exageros devem ser punidos. Esse paparazi da extinta TV Manchete é chato. Não acho que aquilo faça algum sentido. Mas a existência de uma parte da mídia que vive de explorar a vida glamourosa das celebridades faz parte. E serve até para alimentar o estilo de vida que essas pessoas levam.

É uma vida de mão dupla, pegando carona no clichê. No caso da Cica, ela, enquanto celebridade, não devia ser expor a esse ponto. Não sejamos puritanos também. Sexo na praia todo nós fazemos invariavelmente, mas você, enquanto jornalista, vai relevar o fato de um celebridade brasileira estar trepando na praia e o vídeo estar rodando na Internet?

Nos divertimos no You Tube com tombos, gafes, falhas, pessoas se expondo ao ridículo .. zoamos de todo mundo. E por que não podemos zoar a Cica?

No mundo de hoje, com a Internet ditando os rumos da comunicação, fica complicado dizer que a imprensa é a vilã. A imprensa apenas repercutiu a onda da web. E só.

Outro exemplo. A estrela global que sai sem calcinha, rodopia na frente das câmeras e depois vai para o programa dominical de domingo chorar as pitangas. Erros e deslizes acontecem mas quando se é uma pessoa pública, os erros e deslizes reverberam. Um médico ao errar pode matar uma pessoa. Eu, ao errar, posso ser demitida ou prejudicar alguém. Um artista, ao errar, vira capa de jornal.

O assunto está aberto a discussão.

5 comentários:

Aluada disse...

Virou capa de jornal ué! Kakakakak

Pelo menos ela não ganha a vida feito Sandy.

Então, acho q ela pode e deve sair da saia justa numa boa.

E eu q queria estar na Espanha, na praia (quase) deserta, transando debaixo d'água com o meu namo, ai ai...

flavita disse...

Ela ainda vai para no Fantástico e no Faustão, chorando, como fez no episódio da expulsão em seu casamento. E mais, ainda vai dizer que foi um engano, que aquilo - que todo mundo viu boiando em mar espanhol, não era aquilo!

Fábio Couto disse...

Oi, Nara, eu acho que nesse caso, a Daniella não pode falar (quase nada) de invasão de privacidade. Primeiro porque eles estavam numa praia que corresponde à "Praia de Ipanema" da Espanha, ou seja, com grande probabilidade de tropeçar em paparazzo. Segundo, pelo que nós jornalistas aprendemos, uma das razões para publicarmos uma notícia está na natureza incomum do fato. E convenhamos: por mais tesão que se tenha em transar em público, não é comum que uma celebridade faça sexo numa praia lotada e badalada em plena luz do dia. Ou seja, é notícia. E terceiro, ela estava em local público e freqüentado, o que reduz a força do argumento de invasão de privacidade.

B. disse...

Acho muito pertinente seu post e concordo plenamente com você.
Acho terrível aquelas pessoas que vestem a capa "da moral e bons costums" e saem por aí fazendo críticas sem sentido.
As celebridades tem que saber que são notícia, ora bolas, e se não querem aparecer fazendo determinada coisa, que o façam em um lugar privado. Ou então aguentem as capas das revistas depois.
Vc lembrou da atriz global sem calcinha e eu estava aqui me lembrando também de uma modelo e madrinha de bateria famosa por sua beleza que foi sem calcinha a um ENSAIO DE ESCOLA DE SAMBA!
Obviamente saiu na capa de todos os jornais e disse que ficou superchateada. Ah, me poupe!
Beijos e bom fds.

Cherry Lips disse...

Adorei o post! Não acho que seja invasão de privacidade, nem no caso da Cica nem no da Paes. Privacidade? Como alguém pode pedir privacidade em lugar público, néam???