maio 12, 2009

Mantenha distância

Talvez o problema esteja comigo, mas acho sinceramente que a noção de distância acabou. Há dois dias peguei um táxi que andava praticamente colado nos outros carros. A cada cinco segundo .. pé no freio! E anda um pouquinho e .. pé no freio! Fiquei enjoada. Hoje, a mesma coisa. Outro dia fui ao cinema e parada na fila senti a mulher atrás de mim bem próxima. Olhei para trás com cara de poucos amigos e ela nem se mexeu. Fui comprar o ingresso e quando me virei para sair do guichê .. ops! Ela estava atrás de mim, colada.

Todo mundo faltou aquela aula no colégio onde a gente estendia o braço, colocava a mão no ombro do amiguinho para saber que aquela era a distância regulamentar??

Que inferno!

3 comentários:

Paulinhaaa disse...

Pensei que só eu achava isso!!!
Odeio isso, principalmente em filas, as pessoas vem se encostrando, parece até que isso vai fazer a fila andar mais rápido, e quando é no supermercado? O carrinho batendo no calcanhar... pensamentos homicidas sobre isso rs*

Bjks

raphaeljordao disse...

Nao vá ao Maracnã, principalmente em arquibancada... e nunca, em hipótese alguma, saia logo após o jogo acabar. Calor humano é bom, mas chega uma hora que fede pra cara$@¨&$%¨@#lho!!

Anônimo disse...

Tenho essa sensação todos os dias da vida. Em abril, fui cumprir o meu dever cívico de ir à prefeitura pegar a segunda via do IPTU (do ano passado) que eu não tinha pago. E não é que tinha um sujeito que ficava de pé, escorando o balcão (eu tava sentada), conversando com o fiscal? Mandei o cara circular. Ora, raios, eu tava dando lá o meu cpf e endereço. Vai dar uma volta né malandro...