maio 23, 2006

Paixão Deslizante // Capítulo 3

No restaurante de Augusto.

Helen está solitária no canto do restaurante degustando uma taça de um bom Merlot. Helen come pouco, quase sem fazer força. Seus cabelos, milimetricamente penteados, refletem a luz da vela a sua frente. Helen pensa na vida.

Augusto - Helen, Helen, Helen .. o que foi dessa vez?

Helen - Ninguém me entende.

Augusto - Você é muito complexa. Hoje vamos de quê?

Helen - Qualquer coisa menos carneiro.

Augusto ? Brigou com o Pedro?

Helen ? Pedro é muito insensível. Não entende as necessidades de uma mulher.

Augusto ? Helen, Helen .. beba mais. Só assim as pessoas ficam menos grossas e mais compreensíveis. E o que você espera de um homem que cria carneiros?

Helen ? Mas ele pinta! É um artista sensível! Como pode alguém ter em si personalidades tão diferentes!


Augusto - Tá .. tirando as duas horas por dia que ele pinta e vira o mais sensível dos homens, na maior parte do tempo ele é meio grosso mesmo. Por isso que as mulheres ficamm babando por ele. Mulheres costumam apreciar esses tipos grosseiros e rudes. Tipo um fetiche na linha Vilage People.

Helen - Sem falar ...

Augusto - Sem falar que o cara mais parece um tripé. Depois você ainda acha ruim eu beber??? Você quer um cara portentoso por natureza, com dinheiro, artista e ainda sensível? Helen: na bunada não vai dinha?

Helen - Você está falando como ele!

Augusto - Chaaaaaaata .. Helen .. ele é assim. Tipo: você quer ou não?

Helen - Eu amo o Pedro Luiz mas será que estou disposta me humilhar assim? Sabe que hoje eu fui ver o Joaquim Pedro ..

Augusto - Tá ruim do coração?

Helen - Não! Mas eu não aguento o Pedro Luiz .. é .. é .. muito grande!

Augusto - Um bom remedinho dá jeito nisso ... tipo um K...

Helen - Não continue!!!


Todos olham para os dois.

Helen - Joaquim Pedro disse a mesma coisa!

Augusto - Você foi até o Joaquim para ele te falar isso? Helen, você perdeu a virgindade ontem? E olha só .. sacanagem .. fomos casados anos e nunca rolou um lado B ..

Helen - Augusto!!! Olha pra mim e veja se sou mulher de lado b???? Sou uma heroína de novela, faça-me um favor! O remedinho deslizante é apenas para me ajudar, afinal tô com cera dificuldade causada por um secura de dar dó. E você sabe bem que esses remedinhos têm mais de uma utilidade.

Augusto - Sei de nada ..

Helen - Tá vendo .. imagina o que vão pensar de mim quando eu for comprar esse bendito "remedinho". Se você que é meu ex-marido está me olhando assim????

Daniel, filho de Helen e Augusto, interrompe a conversa.

Augusto ? Dani boy! Onde você estava?

Daniel é um jovem introspectivo que não aceita a separação dos pais. Ele também tem um segredo.

Dani ? Fui dar uma volta ...

Helen ? Nós estávamos preocupados.

Daniel ? Nós?? Desde quando há um "nós" em vocês!

Augusto - Jesus me chicoteia!!! Tanta coisa pra você puxar da sua mãe e tinha que ser logo a chatice!!!

Helen ? Nossa. Doeu até em mim essa.

Nova tulipa de chope, nova taça de Merlot. Dani Boy é uma mala. Preparem-se.


Enquanto isso no sítio de Pedro Luiz

Deitado na relva ao lado de um de seus inúmeros carneiros, Pedro Luiz contempla a noite.

Pedro Luiz ? É carneirinho ... só você me entende. Essas mulheres são demais. Se eu tivesse pica de vagem, ninguém me dava bola. Eu ia ter que comprar aqueles remédios de ?enlarge your penis? na Internet, ia ser um cara chato, sofredor. Aí, Deus me dá esse dom, eu consigo achar a mulher dos meus sonhos e ela parece uma piscina Tony .. rasa, rasa .. quase água no joelho. Minha ex-mulher, em compensação, nunca reclamou. E dela eu não gosto. Eu também sou um tonto. Ela também é meio mala. Mas pro feijão com o arroz do dia-a-dia dá, né
?

Pedro Luiz suspira. Ouvimos alguma música de Marisa Monte ao fundo, vemos a lua e já estamos de volta no restaurante.

Augusto conversa animadamente com fregueses, Helen já está na quarta taça de Merlot. Daniel não engole a separação de seus pais e culpa Pedro Luiz por esse trágico incidente. Decide armar para cima do criador de carneiros criando uma situação entre sua mãe e seu pai. Ele de súbito desvia o olhar de sua mãe e joga um maléfico pó no vinho.

Daniel ? Mãe .. tô indo ..

Helen ? Mas já?

Daniel ? Tenho que estudar.

Helen ? Dani .. não fique assim ... trate sua mãe com mais carinho. Estou tão triste hoje.

Daniel deixa a mãe falando sozinha. O pozinho que agora toma conta do líquido de Baco é um potente afrodisíaco que Daniel surrupiou da Pank and Spank, casa de massagem que ele frequenta como "garoto do computador", mas que na verdade ... esse é o segredo. Mais adiante será revelado.

Augusto ? Cadê aquele mala que eu botei no mundo?

Helen ? Já foi. Estou me sentindo tão estranha ...

Augusto ? Você tá meio vermelha mesmo ...

Helen olha para Augusto mas o que vê não pode ser descrito neste horário. Se fosse um desenho do Pica-Pau Helen estaria vendo agora uma codorna assada gigante. Na verdade ela vê um homem de torso nu, sunga de couro, lambuzado de óleo Johnson.

Augusto ? Helen .. porque você está me olhando assim?

Helen ? Me domine, Augusto!!

Augusto ? O que??

Helen ? I want touch myself!

Augusto ? Helen .. Pelo amor de Dadá ... o que é isso!!

Helen ? Touch yourself!

Helen avança sobre Augusto que tenta fugir. Helen está enlouquecida, beija todos os homens do restaurante. Augusto tenta doma-la e com muita força e ajudado por seu staff de segurança, consegue domina-la.

Enquanto isso na fazenda de Pedro Luiz ...

Pedro Luiz dorme. Toca o telefone.

Augusto ? Você tem que vir para o Rio agora. É uma emergência!!

Um comentário:

KY disse...

aguardo cenas dos próximos capítulos