outubro 06, 2005

Revoluções por minuto

A maior invenção da humaninda é o telefone. Sem ele, não teríamos Internet. E sem ela, Internet, não teríamos tantas surpresas e reviravoltas. Particularmente a Internet só me trouxe coisas boas. Desde a primeira vez que acessei a www, experimentei tantas coisas que poderia passar dias e dias contando minhas peripécias. Atravessei o Atlântico, o Pacífico, o serrado brasileiro. Conheci tanta gente. Apaixonei, desapaixonei.

A Internet mudou minha vida em todos os sentidos e não é à tôa que até hoje o que de melhor eu tenho está relacionado a ela. Mas esse papo piegas todo é pra dizer que ao abrir a minha caixa postal eletrônica dei de cara com uma mensagem da Rafaela, prima da Vicky, uma das grandes amigas que tive que se perderam no tempo. A gente vai ficando velho, ganhando responsabilidades, e as loucuras dos tempos de outrora acabam parando no blog e nas lembranças.

Pois então .. a Rafael, figuraça do Espírito Santo .. reapareceu!!

Lembro que uma vez, já aaaaaaltas horas, nós duas passamos mal de rir fazendo diferentes versões para uma música tipo .. atirei o pau no gato. Tinha versão reggae, funk, tudo!!

Olha .. é uma pena que essa porra de tempo passe tão rápido e a gente não consiga apertar um botão e voltar atrás.

Mas ficam os Alabamas das tardes de domingo e graças ao Orkut a gente dá essa viajada e recupera não só os pensamentos, mas as pessoas.

Welcome, Rafa!!

3 comentários:

Dani disse...

A Internet, como todas as coisas, têm suas vantagens e desvantagens. Entre as vantagens está a de podermos nos informar e viajar sem sair da frente do computador, localizar pessoas em lugares improváveis, recuperar momentos e relações que já julgávamos perdidos pela própria ação implacável do tempo, que corrói e desintegra quase tudo...
Felizmente, o telefone foi inventado!

Narinha disse...

Ai lóvi Internet!!

:-)

Roberta disse...

Já te conteique o telefone foi inventado pra ser uma espécie de rádio e não pra ser "telefone" mesmo?